Nota da SBP reforça a necessidade de medidas para restrição do contato social

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou nota pública para reforçar a importância da população aderir às recomendações de enfrentamento à pandemia de COVID-19, já estabelecida como uma das maiores crises de saúde pública da história, deixando vítimas e mortos em quase 170 países. Conforme recomendam a Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais autoridades sanitárias, até o momento, as medidas de reforço na higiene pessoal e restrição de contato social são o que há de mais eficaz para evitar o surgimento de novos casos de COVID-19.

Diante da constatação do aumento de casos e de mortes no Brasil, com escalada diária e crescente, a SBP salienta que a condução da crise deve estar baseada sobretudo nas evidências científicas e experiência internacional já verificada. Na nota, a entidade reforça a necessidade de manter a suspensão de atividades em escolas, clubes, academias, cinemas, restaurantes, bares, cultos religiosos, congressos e outros pontos de aglomeração, para reduzir a circulação do coronavírus no país.

“Da mesma forma, o incentivo ao trabalho à distância e ao isolamento social voluntário reforçam o objetivo principal de achatar a curva de contaminação, permitindo que os sistemas de saúde (público e privado) absorvam os doentes (leves e graves) sem entrar em colapso”, explicita o texto.

O documento também reforça que, apesar da maior letalidade da COVID-19 ser entre os idosos com mais de 60 anos, não se pode ignorar que os mais jovens, inclusive crianças e adolescentes, podem ser afetados e se tornarem, involuntariamente, agentes de infecção, se não foram tomadas medidas preventivas.

Além disso, a SBP reitera a confiança no trabalho realizado pela equipe a frente do Ministério da Saúde e reconhece que, em função da dinâmica dos fatos, o surgimento de novas evidências científicas pode levar ao ajuste das estratégias em curso. No entanto, avalia a entidade, novas decisões somente podem ser tomadas após a comunidade científica atestar que serão minorados riscos e ampliada a segurança dos profissionais da saúde e da população.

“A SBP acredita ser possível construir um futuro melhor para a Nação, sendo que após essa pandemia poderá ser criada, por meio da união de todos, uma visão do mundo mais ampla, solidária, justa e ética, em especial com maior atenção e investimento em saúde pública”, finaliza o texto.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A NOTA

Recent Posts

Leave a Comment